Profissionais discutem propostas para a Vigilância em Saúde da Baixada

Autoridades, profissionais de saúde, representantes dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e gestores dos municípios de São João de Meriti, Duque de Caxias, Nilópolis, Mesquita, Nova Iguaçu, Itaguaí, Seropédica, Queimados, Magé, Japeri e Belford Roxo, que formam a Região Metropolitana I do Estado, estiveram reunidos nesta quinta-feira (10) na Casa da Cultura de Belford Roxo participando da 1ª Conferência Regional de Vigilância em Saúde. O encontro abordou o tema o “Fortalecimento dos Programas e Ações de Vigilância em Saúde”, que foi apresentado pelos palestrantes Rosemary Mendes Rocha e Wanderson Beral Alves. O objetivo do encontro foi discutir e elaborar propostas para o setor, que vão ser levadas para as conferências Estadual e Nacional.

Segundo o secretário de Saúde de Belford Roxo, Silvano Ferreira, o encontro visa traçar políticas públicas em saúde, fazendo a integração das cidades. “Os municípios da Baixada têm muitas características em comum e temos que nos unir para trocar informações e implantar políticas públicas e ações que visem o bem-estar da população”, enfatizou Silvano. O presidente do Conselho Municipal de Saúde de Belford Roxo, Davi Calado informou que os trabalhos de grupos que foram discutidos e apresentados durante a conferência serão importantes porque vão consolidar as propostas que serão levadas a nível estadual e nacional. “A conferência é um marco para o município e toda a região Metropolitana. Temos que lutar pelos nossos direitos a fim de para garantir uma saúde de qualidade para a população”, ressaltou Davi.

Para a presidente do Conselho Estadual de Saúde Étila Elane de Oliveira, a conferência é um marco significativo para todos os municípios, pois discute a saúde com a sociedade civil organizada. “É ela que sabe dizer o que a população necessita”, enfatizou Étila. Já o coordenador da Metropolitana I, Miguel Jorge Gomes de Oliveira, disse que o encontro debate a integração dos programas de todas as vigilâncias, sendo elas epidemiológicas, sanitárias, em saúde ambiental, do trabalhador e dos laboratórios de saúde pública. “Temos que discutir a saúde como um todo, consolidando as propostas dos municípios e não podemos deixar de falar sobre os recursos que são geridos pelo Ministério Público”, explicou.

Segundo o assessor de gestão da Secretaria de Saúde de Estado, Sérgio Gama, o governo do Estado está empenhado em investir e proporcionar uma melhor qualidade no atendimento à saúde para a população. “Essa integração se faz importante. Com as conferências estamos discutindo propostas e melhorais e os avanços no setor com a sociedade civil”, disse.

Além dessas presenças, a mesa de abertura do evento foi composta pelos secretários municipal de Articulação Política, Algacir Moulin, de Vigilância Sanitária, Gilson de Souza, de Cultura, Bruno Nunes, pela representante da Comissão Organizadora Isabel Silva Serra e pelo vereador de Queimados, Antonio Chrispe de Oliveira, o Tuninho Vira Virou. O evento reuniu várias autoridades da região.

Check Also

Prefeito anuncia investimentos em educação e saúde durante o desfile escolar

Investimentos em obras, saúde e educação foram alguns dos projetos anunciados pelo prefeito de Belford …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *