Ultimas Notícias

Chefe de operações da Defesa Civil morre em grave acidente de trânsito

Belford Roxo amanheceu de luto nesta sexta-feira (25). É que a cidade perdeu um dos agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ordem Urbana mais dedicados, o chefe de operações Siqueira Campos, de 43 anos, mais conhecido como “Maju”.  Responsável pela Estação Meteorológica de Belford Roxo – a única da Baixada – o agente recebeu este apelido em alusão à jornalista Maria Júlia Coutinho, apresentadora da previsão do tempo no Jornal NacionalSiqueira Campos sofreu na manhã desta sexta-feira um grave acidente de trânsito, que envolveu a moto que pilotava, próximo à Rodovia Presidente Dutra, quando estava indo para o trabalho.

Sua história se misturava com a de Belford Roxo. Formado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o chefe de Operações era observador climatológico e agente concursado da Defesa Belford Roxo há 20 anos. Siqueira Campos coordenava a equipe que trabalhava no Centro de Monitoramento e Gerenciamento de Riscos (CMGR) e tinha orgulho de dizer que as brincadeiras em torno do apelido de “Maju” começaram dentro de casa, quando sua mulher o chamava de “homem do tempo”. No trabalho ele estava sempre se atualizando e sua vontade era cursar a faculdade de Meteorologia.

A notícia da morte de Siqueira Campos abalou a todos do governo. O prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, disse que o agente vai deixar uma lacuna. “Siqueira Campos era um funcionário exemplar e muito dedicado. Sentimos muito a sua perda e nos solidarizamos com a família”, enfatizou o prefeito.  O secretário da Casa Civil, Márcio Canella, também se solidarizou com a família do agente. “Perdemos um grande profissional e a família perde um grande homem. Sua alegria contagiante ficará marcada”, disse Canella. Segundo o secretário de Defesa Civil e Ordem Urbana, Robenilson Vasques a morte de Siqueira Campos é uma perda irreparável para o município, familiares e amigos. “Siqueira deixa um legado, e uma importante contribuição para o crescimento de nossa cidade. Que Deus conforte o coração de todos os familiares e amigos”, disse o secretário.

A jornalista Ana Cristina Rocha Carvalho, da Secretaria de Comunicação Social de Belford Roxo, também ficou muito abalada com a notícia de sua morte. Aninha como é chamada carinhosamente pelos amigos, o admirava e acreditava no trabalho de Maju e conseguiu emplacar matérias sobre o assunto em diversos jornais que circulam na região, sendo inclusive capa em alguns deles. Na última quarta-feira, o agente esteve na sala da Comunicação Social e não parou de falar um segundo. Brincou com todos e, em especial, com Aninha, dizendo que não tinha mais sossego para andar nas ruas, pois sempre tinha alguém que gritava “Ô Maju”!” e disse: “Você é a culpada disso Aninha”,  sem imaginar o que o destino reservava para ele dois dias depois. O sepultamento de “Maju” está marcado para este sábado (26) às 14h, no Cemitério Municipal de Belford Roxo, mais conhecido como Solidão.

 

 

Check Also

Desfile em Belford Roxo reúne dois mil alunos

Começou nesta sexta-feira (01-09), no bairro Sargento Roncalli, a Semana da Pátria em Belford Roxo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *