Lançamento da nova Nota Fiscal Eletrônica em Belford Roxo

A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Fazenda lança no próximo dia 1 de setembro a nova Nota Fiscal Eletrônica (NFS-e), uma nova plataforma tecnológica 100% integrada da empresa Modernização Pública com outros módulos tributário para que os contadores e emissores de NFS-e tenham fácil acesso na hora da emissão. A etapa do cadastramento começa na próxima segunda-feira (28), no site da Prefeitura http://nfse.prefeituradebelfordroxo.rj.gov.br/ ao clicar no “MENU ACESSO AO CREDENCIAMENTO”. Nota Fiscal Eletrônica é um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre partes.

O secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Rangel, falou sobre a diferença da Nota Fiscal antiga para a nova plataforma. “Estamos seguindo orientações do prefeito Waguinho e do secretário da Casa Civil, Márcio Canella que é o de facilitar a vida da população e aumentar a arrecadação do governo”, disse. O secretário falou ainda que o serviço agora vai englobar diversas funções tanto tributárias quanto a questão da receita em uma única plataforma. A mudança de plataforma servirá para a modernização do município, melhorando o serviço, tanto para os usuários quanto para a Prefeitura. Essa prestação de serviços em ambas as partes contribui para um somatório que é relevante para Belford Roxo.

 

Mudança agrada

Durante a apresentação, Julia Alves da Modernização Pública explicou passo a passo sobre como realizar o cadastramento até a emissão da Nota Fiscal Eletrônica. “Primeiro começamos com o credenciamento onde são cadastrados os dados da empresa. Em seguida passamos pela autorização de acesso realizada pela Secretaria de Fazenda, onde será enviada ao usuário uma senha de acesso. E por fim, a Operacionalização, onde acontece a emissão de Notas e Guias”, disse Julia que ainda informou que cada empresa pode cadastrar mais de um usuário com acessos limitados.

Ao final da apresentação o secretário executivo da Fazenda, Luciano Lima permaneceu tirando dúvidas dos participantes. Uma das dúvidas apresentada foi em relação a data de emissão que não pode ser alterada. “O sistema não permite, mesmo que se tente, a alteração da data de emissão. O que pode ser colocado com data retroativa é a competência”, disse Luciano. Cíntia de Souza Lebrego do Escritório de Contabilidade Antônio Micho Filho acompanhou a apresentação e tirou algumas dúvidas. “Pela apresentação pude perceber que com essa nova plataforma o sistema será mais fácil de mexer e teremos um bom aproveitamento”, disse Cíntia.

Check Also

Obras no bairro Vila Entre Rios em Belford Roxo já beneficiou cinco ruas

O bairro Vila Entre Rios em Belford Roxo está dando adeus à lama e poeira. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *