Moradores de Belford Roxo ganham coletores de lixo

Visando melhorar a coleta de lixo do município e acabar com pontos onde os lixos eram deixados nas calçadas pelos moradores, a Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Serviços Públicos, vem colocando coletores de lixo (latões) padronizados nesses locais, evitando assim que o lixo se espalhe e ao mesmo tempo facilitando a coleta. A Secretaria já distribuiu cerca de 120 coletores em diversos bairros como o Centro, São Bernardo e Santa Amélia. O lixo depositado nos coletores é recolhido dentro da programação normal que é dia sim e dia não em algumas localidades e diariamente em outras.

De acordo com o secretário da pasta, Luis Carlos Correia, a meta é colocar os latões em vários locais da cidade. “Estamos seguindo as orientações do prefeito Waguinho e do secretário da Casa Civil, Márcio Canella que é a de manter a cidade limpa e para isso colocamos os coletores em pontos estratégicos evitando que o lixo fique exposto”, disse. O secretário informou ainda que a população precisa colaborar com a Prefeitura na questão da coleta. “Pedimos para que os moradores coloquem o lixo nas ruas somente nos dias da coleta em seu bairro para não acontecer o acumulo de resíduos”, completou Luis Carlos.

O feirante João Carlos Silveira, 65 anos, destacou a importância dos latões como uma solução para os moradores não jogarem lixos nas ruas. “Agora a população não tem mais desculpas, pois vários latões estão espalhados pela cidade. Essa é uma boa solução para que a população possa ajudar e até facilitar a coleta realizada pelos garis”, disse o feirante. João Carlos falou ainda que essa ação vai acabar com a farra que os animais costumam fazer espalhando o lixo pelas calçadas. No município são recolhidas mais de 10 mil toneladas de lixo mensalmente.

Veja também

Artesãos de Belford Roxo são beneficiados pelo Programa de Artesanato do Estado

Nos próximos dias 22 e 23, os artesãos de Belford Roxo vão poder se cadastrar …

One comment

  1. Importante iniciativa da Prefeitura espalhando os latões. No entanto, tem que ter mais campanhas de conscientização para população que , infelizmente, não parece ter notado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *