Cidade ganhará um centro para acolher pessoas em situação de rua

Município é o primeiro no país a realizar biometria para menores

Preocupado com a situação de pessoas em situação de rua, a Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, vai construir em 2018, no bairro São Francisco, um Centro Pop (Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua). Além disso, o município vai ganhar mais dois Cras (Centro de Referência de Assistência Social), um no bairro Jardim do Ipê e outro que ficará localizado em Nova Aurora. A Secretaria de Assistência Social e Cidadania, que tem à frente da secretária Daniela Carneiro, quer implementar ainda mais os cursos de capacitação para os profissionais do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e dar prosseguimento a diversos projetos como o “Espaço Cidadão”, uma parceria firmada entre o Instituto da Criança, onde os participantes dos Cras recebem noções sobre família, meio ambiente, economia doméstica, cidadania, empreendedorismo, planejamento familiar, sexualidade e atuam como agentes multiplicadores em suas comunidades.

Outra iniciativa de relevância que o governo municipal quer dar continuidade é o projeto “Protegendo o Futuro”, desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania em parceria com a Secretaria de Educação, Ministério Público, Detran e Receita Federal. “Belford Roxo é a primeira cidade do país a oferecer identificação biométrica para menores como forma preventiva de segurança”, informou o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho. Segundo informações da Coordenadoria do Programa de Localização e Identificação de desaparecidos do MP (Plid), dos 500 menores que desaparecem mensalmente no Estado do Rio de Janeiro, 140 são do município.

Mais de 50 mil atendimentos

Além disso, a secretaria dará continuidade aos projetos “Novo Tempo em Ação”, que durante oito edições já realizou mais de 50 mil atendimentos e ao “Cidadania em Ação”, que em oito edições, fez 4 mil atendimentos. “Através das ações, a população de Belford Roxo continuará a ter acesso a vários serviços gratuitos nas áreas social e de saúde como a emissão da segunda via da carteira de identidade, certidão de nascimento, se inscrever no Cadastro Único do Bolsa Família ou no balcão de emprego e vacinação contra a febre amarela e gripe”, disse a secretária da pasta, Daniela Carneiro. Atualmente, Belford Roxo conta com 12 Cras, 3 Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social Creas) e um Centro Pop e realiza ações integradas para fortalecer o Sistema Único de Assistência Social (Suas) no município.

A dona de casa Juliana de Oliveira Fialho, de 29 anos, foi uma das beneficiadas pelo projeto “Novo Tempo em Ação”. Ela aproveitou a ação social para fazer o seu cadastro no programa Bolsa Família, destacando que o atendimento foi rápido. “Há mais de um ano tentava me inscrever no programa e não conseguia. Graças a Deus consegui resolver este problema através do projeto “Novo Tempo em Ação”, comemorou.

Veja também

Artesãos de Belford Roxo são beneficiados pelo Programa de Artesanato do Estado

Nos próximos dias 22 e 23, os artesãos de Belford Roxo vão poder se cadastrar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *