Cidade ganhará um centro para acolher pessoas em situação de rua

Município é o primeiro no país a realizar biometria para menores

Preocupado com a situação de pessoas em situação de rua, a Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, vai construir em 2018, no bairro São Francisco, um Centro Pop (Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua). Além disso, o município vai ganhar mais dois Cras (Centro de Referência de Assistência Social), um no bairro Jardim do Ipê e outro que ficará localizado em Nova Aurora. A Secretaria de Assistência Social e Cidadania, que tem à frente da secretária Daniela Carneiro, quer implementar ainda mais os cursos de capacitação para os profissionais do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e dar prosseguimento a diversos projetos como o “Espaço Cidadão”, uma parceria firmada entre o Instituto da Criança, onde os participantes dos Cras recebem noções sobre família, meio ambiente, economia doméstica, cidadania, empreendedorismo, planejamento familiar, sexualidade e atuam como agentes multiplicadores em suas comunidades.

Outra iniciativa de relevância que o governo municipal quer dar continuidade é o projeto “Protegendo o Futuro”, desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania em parceria com a Secretaria de Educação, Ministério Público, Detran e Receita Federal. “Belford Roxo é a primeira cidade do país a oferecer identificação biométrica para menores como forma preventiva de segurança”, informou o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho. Segundo informações da Coordenadoria do Programa de Localização e Identificação de desaparecidos do MP (Plid), dos 500 menores que desaparecem mensalmente no Estado do Rio de Janeiro, 140 são do município.

Mais de 50 mil atendimentos

Além disso, a secretaria dará continuidade aos projetos “Novo Tempo em Ação”, que durante oito edições já realizou mais de 50 mil atendimentos e ao “Cidadania em Ação”, que em oito edições, fez 4 mil atendimentos. “Através das ações, a população de Belford Roxo continuará a ter acesso a vários serviços gratuitos nas áreas social e de saúde como a emissão da segunda via da carteira de identidade, certidão de nascimento, se inscrever no Cadastro Único do Bolsa Família ou no balcão de emprego e vacinação contra a febre amarela e gripe”, disse a secretária da pasta, Daniela Carneiro. Atualmente, Belford Roxo conta com 12 Cras, 3 Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social Creas) e um Centro Pop e realiza ações integradas para fortalecer o Sistema Único de Assistência Social (Suas) no município.

A dona de casa Juliana de Oliveira Fialho, de 29 anos, foi uma das beneficiadas pelo projeto “Novo Tempo em Ação”. Ela aproveitou a ação social para fazer o seu cadastro no programa Bolsa Família, destacando que o atendimento foi rápido. “Há mais de um ano tentava me inscrever no programa e não conseguia. Graças a Deus consegui resolver este problema através do projeto “Novo Tempo em Ação”, comemorou.

Veja também

Belford Roxo constrói 10 novos Postos de Saúde

Investimento de R$ 5 milhões é com recursos da Prefeitura   A população de Belford …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *