Pedestres com mais segurança em Belford Roxo

“Estávamos precisando mesmo da colocação das faixas de pedestres. Atravessar pelas ruas do município, especialmente na Avenida Joaquim da Costa Lima era uma dificuldade e muito perigoso. Agora, estamos seguros”, enfatizou a aposentada Jorgete Ferreira, de 67 anos, moradora há 50 anos de Belford Roxo, ao saber da modernização dos semáforos e da colocação das faixas de pedestres nos principais pontos da cidade. Para garantir mais segurança na travessia de ruas, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, está realizando, inicialmente, as pinturas das faixas de pedestres por toda Avenida Joaquim da Costa Lima, uma das principais do município que liga Belford Roxo à Duque de Caxias.

Segundo o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, a Prefeitura está revitalizando e modernizando toda a cidade. “Com essas ações preventivas no trânsito, estamos preocupados em ordenar o tráfego e orientar os pedestres, auxiliando nas travessias, permitindo uma maior segurança nas ruas”, frisou o prefeito Waguinho. A primeira etapa desta ação iniciou-se na última quarta-feira, em frente à Cedae, no Centro e deverá seguir por toda a Cidade.  Além das faixas de pedestres, a Prefeitura consertou e modernizou todos os oito semáforos existentes ao longo da Avenida Joaquim da Costa Lima. O município também formou recentemente 26 orientadores de trânsito que vão atuar nos principais locais de maior movimento como os bairros Farrula, Heliópolis e Centro.

“Este efetivo faz parte do Programa “Travessia Legal”, que tem como finalidade orientar o trânsito e a travessia de pedestres. As faixas são pintadas com tinta termo plástica, todas refletivas. Além disso, estamos modernizando os sinais da cidade, colocando lâmpadas de led, permitindo uma maior visibilidade aos motoristas”, informou o engenheiro e secretário-executivo da Secretaria de Mobilidade Urbana, Carlos Nascimento.

Veja também

Belford Roxo conta com Ensino de Jovens e Adultos

Nunca é tarde para voltar a estudar. E para ajudar aqueles que não tiveram a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *