Orientação de profissionais para atividades físicas no município

Atividades físicas, todos devem praticar. Mas é necessário que se tenha uma orientação profissional. Foi o que cerca de 160 pessoas fizeram na primeira etapa do projeto “Verão na Marca”, uma iniciativa da Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Esporte e Lazer, que tem como objetivo orientar a população sobre sua condição física. No projeto são realizadas avaliações Antropométrica como bioimpedância, Índice de Massa Corporal (IMC) e Relação Cintura-Quadril (RCQ) que analisam a composição corporal, peso do indivíduo em relação à sua altura para indicar o peso ideal e cálculo de medidas da cintura e do quadril para verificar o risco de doenças cardiovasculares. A próxima etapa acontece no dia próximo dia 17, das 6h às 10h e das 17h às 21h, na Vila Olímpica, que fica na Rua Lecílio, s/n, bairro Nova Piam.

O evento acontece uma vez por mês durante todo o verão na Vila Olímpica da cidade. Ainda durante a ação os participantes puderam fazer aplicações de flúor e aferir a pressão. Para o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, esse projeto vai muito mais além de uma atividade física. “Estamos promovendo, através desse projeto mais saúde para nossa população. Já temos casos de várias pessoas que ao iniciar atividades físicas, reduziram a quantidade de medicamentos que usavam”, disse o prefeito.

O secretário de Esporte e Lazer, Celso Miranda, falou sobre a ação. “Apesar dos números alarmantes sobre excesso de peso, podemos considerar que essa primeira etapa foi um sucesso, pois os participantes foram orientados por profissionais qualificados a cuidar de sua condição física. Quero destacar a parceria com a Secretaria de Saúde, que além de aferir a pressão durante as avaliações, trouxe higiene bucal”, disse o secretário.

Orientação e acompanhamento

De acordo com o secretário executivo, Maurício Fidelis, a ação foi de grande relevância. “Tivemos números assustadores de sobre peso e obesidade grau I, II e III, o que pode acarretar inúmeras doenças como diabetes, por exemplo. Com esse projeto podemos estar orientando e conscientizando a população a respeito da necessidade de adequar a sua alimentação, assim como desenvolver o hábito de praticar uma atividade física. Essa foi a primeira etapa, e o que esperamos é que no final do projeto os números se modifiquem ao ponto de impactar uma grande parte da cidade”, disse Maurício.

José Garcia, 64 anos, disse que é a primeira vez que a Vila Olímpica tem projetos como o “Verão na Marca”. “Moro na cidade há 40 anos e nunca vi algo assim antes. Sempre pedi a direção da vila que fizesse algo parecido como esse projeto, pois já tivemos um episódio em que um senhor passou mal caminhando porque não tinha nenhum tipo de orientação. O acompanhamento em qualquer atividade física é muito importante”, disse José que recebeu a recomendação de intensificar mais o ritmo de suas caminhadas. Jacira Campos, 63, também achou o projeto interessante. “É bom receber orientação sobre a atividade que se pratica. Eu, por exemplo, caminho para manter meu bem-estar, mas sempre dentro dos meus limites”, disse Jacira.

Veja também

Belford Roxo conta com Ensino de Jovens e Adultos

Nunca é tarde para voltar a estudar. E para ajudar aqueles que não tiveram a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *