Belford Roxo inaugura seu 13º Cras

A Prefeitura de Belford Roxo inaugurou, na manhã de hoje (31) o 13º Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município. A unidade, que antes funcionava no bairro Santa Tereza e foi desativada em 2014 pelo governo anterior, foi completamente reconstruída, passando a ter um novo endereço: Rua Manoel Oliveira, 96, bairro Parque São José. Os serviços foram democratizados e passam a atender também moradores de toda redondeza como os que residem nos bairros Jardim Redentor, Jardim Ideal, São Leopoldo, entre outros. O Cras XIII (Maria de Fátima Souza Figueiredo) atenderá cerca de quatro mil famílias em vários serviços.

Segundo a secretária de Assistência Social, Rosana Moura, foram meses de muitas parcerias para que o Cras voltasse a funcionar. “Houve um grande empenho, parcerias, inclusive da comunidade para colocar a nossa unidade aberta novamente”, destacou a secretária. A vereadora Cristiane do Sobreira, autora da indicação legislativa que solicitava a reabertura do Cras, ressaltou: “Essa inauguração é um marco para população, uma vitória. Ficou fechado durante anos, deixando centenas de famílias sem qualquer atendimento”, finalizou.

Homenagem merecida

Durante a solenidade, a secretária Rosana Moura fez elogios ao trabalho desenvolvido, em décadas passadas, pela líder comunitária, Maria de Fátima Souza Figueiredo. E não foi à toa que o Cras recebeu o nome dela. Dona Maria trabalhou durante 15 anos em uma pequena creche, que funciona na Estação de Furnas, no Bairro Santa Tereza e atendia 50 crianças de seis meses a seis anos de idade. Além disso, Dona Maria, mãe de 14 filhos, dedicava seu tempo dando assistência às famílias carentes daquela região. “Estamos muito orgulhosos da homenagem”, afirmou Jonas, um dos filhos de Dona Maria, que estava em companhia de seus irmãos, Naturimar e Luiz. A líder comunitária morreu há dez anos.

O Novo Cras tem uma equipe multidisciplinar formada por assistente social, psicóloga, instrutor de oficinas e auxiliar administrativo. Em sua dependência há salas de atendimento, brinquetoteca, sala multiuso, sala de coordenação, sala de acompanhamento individual e banheiros, um deles com acessibilidade. Além dos 13 Cras, a Prefeitura tem três Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e um Centro de Referência Especializado para População em situação de Rua, o Centropop.

Empolgado com a reabertura, o secretário adjunto de Assistência Social, Diogo Bastos, não poupou críticas à gestão passada que desativou o Cras. “Isso aconteceu por falta de compromisso com a população. Não podemos nos fazer de dementes e tampouco ter amnésia. Fecharam e viraram as costas sem qualquer estratégia. Hoje, para felicidade de Belford Roxo, temos um prefeito focado nos interesses e bem-estar da população. Somos o município com o maior número de Cras funcionando”, arrematou.

Veja também

Danilo Caymmi interpreta seus sucessos na Casa da Cultura de Belford Roxo

Bahia cantada em verso e prosa. Assim foi marcada a segunda-feira do público na Casa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support